Carretel une bailarinos provenientes de espetáculos do coreógrafo Ivaldo Bertazzo

5 nov

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

“Carretel”

SÃO PAULO – Carretel traz ao Teatro Tuca artistas que participaram de dois espetáculos concebidos pelo coreógrafo Ivaldo Bertazzo, Anatomia do Desejo e Kashmir Bouquet. O bailarino e coreográfo, Rubens Oliveira e o psicanalista Sérgio Ignácio assinam concepção e direção geral. A direção artística é de Rubens Oliveira. Os figurinos são de Joana Porto e a videocenografia de Talita Miranda. A estreia é segunda (5), às 21 horas, para curta temporada. Ficará em cartaz somente entre 5 e 7 de novembro.

O espetáculo de dança, que já passou por São Bernardo do Campo, surgiu da vontade dos colegas de palco se unirem em novo trabalho. A internet possibilitou que todos mantivessem contato no decorrer dos últimos anos e manifestassem o desejo da realização de um projeto em conjunto.

A união teve como meta reviver momentos criativos pelos quais passaram no decorrer dos ensaios com Bertazzo.  A saudade e a amizade que permaneceu, mesmo com o fim das montagens, os impulsionaram a colocar no palco movimentos que buscam o afeto, através do desenrolar da linha e suas formas.

A imagem do carretel é o centro da encenação, baseada em uma interpretação do psicanalista inglês Donald Woods Winnicott para uma história relatada por Sigmund Freud.

Na psicanálise, esse objeto ganhou  o significado de lembrança de um ente querido, devido ao caso descrito por Freud, no qual seu neto brincava com um carretel na ausência da mãe, e isso o fazia lembrar-se dela.

“Carretel”

No palco estão 33 pessoas, entre 20 e 62 anos, com experiências de vida e expressões corporais diversas.  Nem todos são bailarinos profissionais;  se dedicam à dança por paixão.

Corpos urbanos, com emoções que afloram a cada momento, estão entrelaçados tal como no carretel, que enrola fios. Seus movimentos são impulsionados por uma máquina de costura e variados estilos musicais.

Em cena, os bailarinos propõem, através das criações coreográficas, reflexões sobre a saudade e colocam em pauta indagações sobreo que buscam esses corpos urbanos, e também como os sentimentos como desconforto e ausência dão suporte às criações.

Entre os destaques do elenco está o ator Clovys Tôrres. O artista não fez parte das produções de Bertazzo, mas foi convidado para participar de Carretel  pelo diretor Sérgio Ignécio, que ficou encantado com a sua performance no espetáculo O Grande Espírito da Intimidade, com texto de Leo Lama e  direção deAndréah Dorim.

Tôrres, que faz o solo de abertura e o texto final, conta que está adorando todo o processo e que os cinco meses de ensaios mudaram a relação com o seu  próprio corpo e com o mundo. ¨Sinto que nunca mais deixarei de dançar. Nosso corpo é um templo e dançar é realmente rezar. Dançar é uma oração e eu estou aprendendo a agradecer¨, diz o ator.

O ator também elogia os diretores e os seus colegas de palco pela amabilidade num processo de criação que foi difícil e prazeroso ao mesmo tempo. ¨Carretel me mostra diversas possibilidades de viver, fazer arte e me relacionar com os outros, comigo mesmo e com o meu corpo¨, finaliza.

As coreografias, que têm as configurações coletivas de duos e solos, têm o suporte de figurinos e de um vídeo cenográfico que remetem os espectadores ao universo da costura e do bordado.  Nomes e expressões, como Fio de Emoções, Tear, Novelo, Bilro e Ponto Cruzado, são citados na apresentação.

Ficha técnica:

Autor: Sérgio Ignácio

Direção e concepção: Rubens Oliveira e Sérgio Ignácio

Direção artística: Rubens Oliveira

Elenco:  Clóvys Torres, Glauco Muller, Priscilla Paciência, Gilson Celestino, Luciana Elias, Rita Baronti, Débora Laub, Helena Gioielli, Beatriz Moura, Marcello Banhos, Rafaela Gagnebin, Ronaldo Cardoso, Elisa Machado, Izabel Uliana, Denise Piva, Ananda Carvalhosa, Jussara Amancio, Adriana Camargo, Denise Kusminsky, Ligia de Araújo, Patrícia Buschini, Cristiane Yonezaki, Pedro Friedman, Fernanda Meirelles, Saulo Abramvezt, Letícia Taboada, Ana Claudia Melcop, Juliana Fiorini, Candida Morales Boemeke, Isis Marks, Alessandra Cabral, Raquel Rosenberg, Allan Fonseca.

Serviço:

Carretel

Local: TUCA
Endereço: Rua: Monte Alegre, 1024 – Perdizes – São Paulo
Datas: 5, 6 e 7 de novembro
Horário: 21h
Valor Ingresso: R$ 20,00 inteira; R$ 10,00 meia (estudante/idoso)
Duração: 60 minutos
Classificação: Livre
Telefone: 3670-8455

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: