Tag Archives: denise

Fauzi Arap volta na companhia de Denise Fraga e Cláudia Mello

31 out

 
Cláudia Mello e Denise Fraga em “Chorinho”, de Fauzi Arap

Maurício Mellone, especial para o Favo do Mellone – parceiro doAplauso Brasil  (mellone@aplausobrasil.com)

Com direção do autor e de Marcos Loureiro, Chorinho trata do conflito de uma mendiga e uma aposentada; em encontros numa praça, as diferenças entre elas se desfazem

SÃO PAULO – A peça Chorinho, que proporcionou o prêmio APCA/2007 de melhor autor para Fauzi Arap, está em cartaz novamente, desta vez com Denise Fraga e Cláudia Mello. As sessões, no Teatro Eva Herz, acontecem só às terças e quartas.

Na primeira montagem, Cláudia dividia o palco com Caio Blat. Nesta temporada (a peça já esteve em Curitiba, Belo Horizonte, Florianópolis e Porto Alegre), Denise dá vida à moradora de rua, que observa diariamente a visita da aposentada que cuida das flores e dos pássaros do local. Intrigada, um dia a mendiga quer saber por que a senhora a ignora. Desta primeira conversa cheia de atritos, as duas iniciam uma relação, permeada de discussões, conflitos, confissões e troca de sentimentos. Continue lendo

Isso É O Que Ela Pensa re-estreia em São Paulo

19 set

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (nanda@aplausobrasil.com)

"Isso é o Que Ela Pensa" volta no Viga Espaço Cênico

SÃO PAULO – A peça, que já esteve em cartaz na capital paulista e passou por Brasília, volta em curta temporada, no Viga Espaço Cênico. A re-estreia é nesta quinta-feira (20), às 21h, no Viga Espaço Cênico. A direção é de Alexandre Tenório e no elenco estão os atores Denise Weinberg, Clarissa Rockenbach, Maristela Chelala, Eduardo Muniz, Francisco Brêtas, Flavio Faustinoni, Mário César Camargo e Mário Borges.

Isso É O Que Ela Pensa, do escritor inglês Alan Ayckbourn, é considerado um dos seus trabalhos mais polêmicos do escritor, que trata de loucura, fé e desintegração familiar.

A montagem gira em torno da história de Susan, uma mulher de meia idade que vai se distanciando aos poucos da realidade. A protagonista, vivida pela atriz Denise Weinberg, sonha com uma família que lhe dê atenção, já que na vida real ela convive com pessoas depressivas e envolvidas com os problemas e interesses pessoais. Continue lendo

Peça com Denise Fraga encerra temporada com apresentações gratuitas

31 ago

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Denise Fraga e Kiko Marques dividem o palco em "Sem Pensar"

SÃO PAULO – Depois de temporada na capital paulistana e viagens pelo Brasil, Sem Pensar faz três apresentações gratuitas no Memorial da América Latina, dias 05, 06 e 07 de setembro.  Para conferir as sessões basta levar 1 kg de feijão, arroz ou 01 lata de leite em pó. A troca de ingressos no Memorial será a partir do dia 04 de setembro, terça, das 14 às 20h.

Denise Fraga e Kiko Marques em "Sem Pensar"

A montagem é estrelada por Denise Fraga e dirigida por Luiz Villaça, cineasta e marido da atriz, que estreia na direção teatral. Além de Denise, estão no elenco: Kiko Marques, Julia Novaes, Kauê Telloli e Virgínia Buckowski, Verônica Sarno, Isabel Wolfenson e Paula Ravache.

A peça, escri tapela jovem escritora britânica, Anya Reiss, aos 17 anos, fala sobre a falta de percepção de si e do outro no cotidiano de uma família. Apresenta um relacionamento familiar em que reina o amor, mas que devido à falta de comunicação os conflitos são constantes. Continue lendo

Mais um espetáculo brilhante protagonizado por Denise Weimberg

2 abr

Maria Lúcia Candeias*, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Elenco de "Isso é o Que Ela Pensa", dirigido por Alexandre Tenório

Além de elenco de altíssimo nível, arrasando,  texto de Isso é o que ela pensa bem como sua direção são surpreendentes

SÃO PAULO – A protagonista é simplesmente Denise Weinberg que envolve todo o mundo o tempo todo.  Clara Carvalho, mais chique do que a patroa, faz sua empregada. Contracenam também muitos atores conhecidos como Francisco Brêtas, José Roberto Jardim e, ainda, Eduardo Muniz, Mário Borges, Mário Cesar Camargo e Clarissa Rockenbach. Todos dirigidos com a firmeza e competência de sempre de Alexandre Tenório.

Isso e o que ela pensa, do britânico Alan Ayckbourn (A Serpente no Jardim), tem de original o fato de tratar um surto como doença, mas como única saída (exceto o suicídio) para quem vive uma decepção profunda com algo muito importante para si, e que, como não tem poder para mudar sozinho, cria uma fantasia (que não percebe como tal) para poder aguentar a situação. Continue lendo

Denise Weinberg faz mergulho na mente feminina

20 mar

Maurício Mellone, editor do Favo do Mellone site parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Denise Weinberg protagoniza "Isso é o Que Ela Pensa"

Isso é o Que Ela Pensa, peça do britânico Alan Ayckbourn, dirigida por Alexandre Tenório traz Denise Weinberg na pele de Susan, uma mulher de meia-idade que após uma queda passa a viver entre a fantasia e a realidade

SÃO PAULO – Ao entrar no Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Sao Paulo, o público já é surpreendido: parte das pessoas é encaminhada para o palco e o restante é conduzido ao balcão superior. Tive o prazer de sentar-me na pequena arquibancada montada no palco, como se fizesse parte do cenário do espetáculo. Tudo isto tem uma razão de ser: o público por quase dividir a cena com os atores, torna-se cúmplice do drama vivido por Susan, a personagem central de Isso É o que Ela Pensa, peça escrita em 1985 pelo dramaturgo britântico Alan Ayckbourn e pela primeira vez montada no país.

Após uma pequena queda no jardim de sua casa, Susan — brilhantemente interpretada por Denise Weinberg — começa a conviver entre a fantasia, em que ela cria uma família ideal e harmoniosa, e a realidade, em que os familiares são distantes, frios e egoístas. Continue lendo

Denise Stoklos em novo espetáculo no SESC Consolação

21 ago

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Denise Stoklos apresenta "Preferiria Não?" no Teatro Anchieta

No início de abril, durante o Festival de Curitiba, Denise Stoklos realizou a estreia mundial de seu novo solo, Preferiria Não?, com sessões concorridas e um Teatro Guairinha abarrotado de espectadores. Agora o Teatro Anchieta (SESC Consolação) é a casa paulistana do espetáculo em que Denise assina a direção, adaptação e atuação.

Seguindo sua vocação de “narrado/ autor”, Stoklos se apropria da peça  Bartlebay, O Escriturário, de Hermam Melville, intencionando transformar a interpretação dos papéis em narrativa dos fatos, evocando um olhar crítico do narrador que atua em cena.

Preferiria não?

FICHA TÉCNICA
Direção, texto, adaptação, coreografia, sonoplastia e interpretação solo:
Denise Stoklos
Pesquisa, consultoria sobre o texto e supervisão: Dayse Stoklos Malucelli Iluminação:Marcel Gilber
Fotografia e vídeo: Thais Stoklos
Operação de som: Viviane Fontes
Assistência de Direção, Produção e Participação : Patrícia Torres
Duração: uma hora e vinte minutos.
Até 18 de setembro. Sextas e sábados, às 21h. Domingos, às 19h. Duração: 1h20
Não haverá apresentação nos dias 26/8, sexta, e 11/9, domingo.
Sessão extra no dia 16/9, terça, às 15h.
Não recomendado para menores de 14 anos
R$ 32,00 (inteira); R$ 16,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 8,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
Teatro Anchieta. 280 lugares

Teatro Anchieta do SESC Consolação
Rua Dr. Vila Nova, 245
Tel: 3234-3000

Sem Pensar revela atriz

4 ago

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

Cena de "Sem Pensar"

É claro que não se trata de Denise Fraga – há bastante tempo admirada pelo público – e sim de uma jovem atriz, Júlia Novaes, que interpreta Delilah, a filha dela na peça.  Formada pelo Teatro- Escola Célia Helena, a mocinha domina o palco tanto em cenas divertidas como nas mais tocantes. E seu talento sobressai sobre tudo o mais em Sem Pensar.

A peça, que está em cartaz desde maio com casa lotada, acaba de prorrogar a temporada até outubro. Escrita por uma inglesa, Anya Reiss, tem como novidade mostrar o absurdo na vida comum das pessoas que não se respeitam e vivem com pressa. Continue lendo

Denise Fraga volta à cena em peça de inglesa de 17 anos

9 maio

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Logotipo de "Sem Pensar"

Quando esteve em Londres para um festival de cinema,  Luiz Vilaça, cineasta que estreia na direção teatral com Sem Pensar (na próxima sexta-feira (13), no TUCA) se interessou por uma peça que estava em cartaz no Royal Court Theater escrito por uma jovem inglesa. Depois de ver e se apaixonar pela peça soube que a autora era mais jovem do que ele imaginava: “quando ela escreveu o texto tinha apenas 17 anos”. Como o assunto o interessava também, resolveu comprar a peça que traz Denise Fraga, com quem é casado, encabeçando o elenco.

Sem Pensar (Spur of the Moment) é uma comédia dramática que expõe os conflitos de uma família cercada pela difícil comunicação interpessoal, meio a uma sociedade que encontra mais facilidade na comunicação midiática. Continue lendo

Making of de Sem Pensar em seis episódios

9 maio

Making of “SEM PENSAR” – Episódio 1 – Como tudo começou
<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 2 – Seleção<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 3 – Vicky
<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 4 – Nick<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 5 – Delilah<a href="“>
Making of “SEM PENSAR” – Episódio 6 – As Meninas<a href="“>

“O Pelicano”, clássico de Strindberg, em temporada popular

23 nov

Maurício Mellone, para o site Favo do Mellone parceiro do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

A  premiada atriz  Denise Weinberg assina a direção do texto do

"O Pelicano" (foto de Ronaldo Gutierrez)

dramaturgo sueco, que põe a nu as relações de uma tradicional família burguesa

Em sua terceira temporada, a Cia. Mamba de Artes traz, a preços populares, no Viga Espaço Cênico, até 19 de dezembro, o clássico “O Pelicano”, do dramaturgo sueco August Strindberg.

Sob a direção da premiada atriz Denise Weinberg, cofundadora do Grupo Tapa, a peça revela a característica mais marcante do autor: de desvendar e pôr a nu as relações do núcleo central da família. Suas peças discutem o drama intimista entre o casal e demais familiares.

Em “O Pelicano”, essa marca autoral é evidente: com a morte do pai, a família entra em decadência financeira e a matriarca, vivida por Sheila Gonçalves, resolve fazer com que todos voltem a morar juntos.

No entanto, os podres da família começam a vir à tona: Continue lendo